LIVROS DE BASE JUNGUIANA


docente Image

Ordem e Caos - Uma visão Transdisciplinar

Comprar 

Autor: E. Simone D. Magaldi

Editora: Editora Eleva Cultural - 2010 / 231 páginas

Este livro busca a compreensão da natureza arquetípica das formas presentes na ordem e no caos. Partindo do entendimento da atual dessacralização social como consequência de uma sociedade que ainda não aprendeu a viver a harmonia, apontando para a necessidade emergencial de ressacralizarmos a sociedade para vislumbrarmos um futuro possível. É um trabalho transdisciplinar que faz suas leituras na psicologia profunda, na física moderna, na filosofia, na biologia, na mitologia, na sociologia e nas ciências da religião. Trata-se de uma adaptação da tese de doutorado da Universidade Metodista de São Paulo, do programa de Ciências Sociais e Religião, que teve como base um estudo profundo das relações humanas com os aspectos de ordem e caos, consciente e inconsciente, feminino e masculino que permeiam nossa realidade, e do quanto a unilateralização logóica afasta o homem do sagrado e, consequentemente, a sociedade da sacralização. Porque o momento é de vivenciarmos a integração do conhecimento, buscando a interdependência de todas as disciplinas. É imperioso passarmos a pensar transdisciplinarmente!.




docente Image

Luzes e Sombras do Cotidiano - Contos de Carlos São Paulo

Comprar 

Autor: Carlos São Paulo

Editora: Editora Eleva Cultural - 2010 / 158 páginas

Ao lermos o livro Luzes e Sombras do Cotidiano estamos lendo a nós mesmos, reconhecendo ou conhecendo nossa natureza que, na maioria das vezes, é projetada no outro. Por isso, além de um excelente entretenimento esse livro é uma lição de humanidade e de autoconhecimento. Encontramos nos diferentes contos deste livro vários retratos da vida, pintados literariamente com pinceladas de emoções, mas recheadas com o olhar clínico de um psicoterapeuta experiente. Um olhar que atravessa as histórias com uma compreensão singular, mantendo vivas as surpreendentes improvisações que a vida nos proporciona. Os contos nos remetem ás humanas questões universais, em suas particularidades sutis. Nos fazem viajar pelo contexto sociocultural da humanidade, em meio as crises da adolescência, conjugais, da meia idade, do envelhecimento, do sucesso ou fracasso existencial, ou sexuais. Sempre com muita criatividade e profundidade artística!




docente Image

Dinheiro, Saúde e Sagrado - Interfaces Culturais, Econômicas e Religiosas à Luz da Psicologia

Comprar 

Autor: Waldemar Magaldi Filho

Editora: Editora Eleva Cultural - 2010 – segunda edição / 320 páginas

É a partir do homem contemporâneo que este livro se situa, objetivando ampliar o entendimento das relações que o dinheiro estabelece, consciente e/ou inconscientemente, com o sagrado, a saúde, a salvação e os outros tipos de demandas e fenômenos culturais tão presentes hoje nas questões existenciais da humanidade capitalista. Isso porque, de forma mais evidente na sociedade ocidental, a cura e o sagrado se referem à busca de salvação e de saúde. Portanto, este livro pretende contribuir para o entendimento de que o dinheiro é para o ser humano contemporâneo uma fonte inesgotável de energia e de transformações, além de esperar que ele sirva de estímulo para que os leitores também se interessem pelas implicações do dinheiro possibilitando a busca de um mundo mais amoroso e integral. A leitura deste livro possibilita o entendimento da razão pela qual o ser humano contemporâneo deixou de trocar livremente e passou a acumular, muitas vezes, por meio de consumo do supérfluo, ficando à mercê de um mercado que pretende ser hegemônico, colocando inclusive o dinheiro como caminho de cura e salvação. Por meio dos métodos da amplificação do conhecimento, advindos da psicologia analítica, e da integração dos saberes que os conceitos vão sendo construídos. Ficando compreensível as razões que levam aos apegos. Estes geram as necessidades de controle que, por sua vez, exige poder para “aprisionar” ou acumular o objeto de desejo, até que, tragicamente, começam a surgir os sintomas de adoecimento nas instâncias materiais, biológicas, psicológicas, sociais e até mesmo espirituais, produzindo agressões e destruições, tanto no desejante quanto no desejado.




docente Image

Natureza Irreal ou Fantástica Realidade ? Reflexões sobre a melancolia religiosa e suas expressões simbólicas na obra de Hieronymus Bosch

Comprar 

Autor: Lilian Wurzba

Editora: Editora Eleva Cultural - 2017 / 320 páginas

Este livro possibilita compreendermos e acompanharmos o processo de pesquisa cientifica realizada pela amiga e colega Lilian Wurzba, envolvendo o contexto da época, os conceitos teóricos da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung e a produção artística de um ser humano genial: Hieronymus Bosch, hipoteticamente sofrendo e debatendo com suas demandas anímicas e espirituais, onde a melancolia religiosa fica simbolicamente evidenciada, devido seu provável conflito piedoso diante das questões ordinárias, profanas e instintivas. Porém, como todo artista genial, ele conseguiu transformar todo sofrimento em arte e esta, por incluir a dimensão arquetípica do inconsciente coletivo, decompondo suas emoções, que são universais, em expressões criativas, possibilitando a eternização do seu trabalho, transcendendo tempo e espaço. Por isso, o leitor deste livro, além de poder percorrer pelo caminho acadêmico da construção do trabalho científico, terá a oportunidade do encantamento com as obras de Bosch, e sua ampliação simbólica levando em consideração o conflito existencial e a melancolia do artista, brilhantemente amplificados analiticamente pela Lilian. Onde a melancolia, a meu ver, fica mais evidente e presente nos indivíduos profundos, por estarem prenhes da alma e sem possibilidade de ressonância erótica na realidade cotidiana da maioria reativa, alienada e rasa. Por isso, sabiamente, Jung afirmava que aquele que olha para dentro desperta, enquanto que aquele que fica apenas olhando para fora, permanece adormecido. Porém, para que aconteça o despertar é necessário a imersão no inconsciente e isso, inevitavelmente, produzirá crise, medo, tensão, resistências e muito sofrimento. Por isso, essa jornada do autoconhecimento e do despertar não é para qualquer um, porque o caminho da individuação, que possibilita a descoberta do sentido e do significado existência, exige o embate com a dimensão sombria, a superação dos complexos, o isolamento e a percepção e aceitação da finitude do ego. Sem isso, para mim, a vida deixa de valer a pena, porque a alma, para o ego, fica pequena, parafraseando Fernando Pessoa. Encerro meus comentários desejando excelente leitura e muita melancolia e criatividade a todos leitores..




docente Image

Símbolos na Literatura

Comprar 

Autor: Carlos São Paulo

Editora: Editora Gato Preto - 2017 / 246 páginas

Este livro reúne artigos criados a partir da leitura e interpretação de livros infantis, adolescentes ou adultos, dos gêneros literatura e ligados à área da Psicologia. O autor viaja ao mundo imaginário das suas histórias, fazendo paralelos com símbolos da Psicologia Analítica. Com base em personagens arquetípicos, analisa os textos com olhar experiente de psicoterapeuta e constrói suas próprias conclusões sobre cada história. O que transparece é sua percepção sobre a humanidade, como quem lança uma luz sobre realidade através dos tempos. Símbolos na Literatura encanta pelos seus artigos que versam sobre a humanidade e suas singularidades e é um painel interessante sobre a atualidade, além de ser referencial para estudos sobre psicologia junguiana